Notícias

Empresas baianas apresentam oportunidades de negócios para fornecedores

27/01/2021 16:49

A busca por novas parcerias comerciais é fundamental para a sobrevivência das empresas em um mercado cada vez mais competitivo, especialmente depois de um ano de retração econômica, como 2020. Para apoiar as empresas baianas neste desafio, o Instituto Euvaldo Lodi (IEL Bahia) reuniu compradores e fornecedores nesta quarta-feira, 27.01, na Manhã de Negócios.

A primeira parte do evento foi um Café Empresarial, transmitido pelo Youtube do IEL, aberto a todas as empresas. Na oportunidade, o gerente administrativo da Teiú, Joabe Andrade, e o analista de sistema da Fofex, Valdeci Francisco de Almeida apresentaram os processos de compras das empresas, requisitos e principais demandas de fornecimento.

Há mais de 60 anos no setor de limpeza e higiene, a Teiú tem três plantas industriais, sendo duas em Vitória da Conquista e outra em Feira de Santana, além de uma rede logística que atende todo o Brasil. A empresa tem focado em novas tecnologias e produtos. Além dos mais de 150 itens que fazem parte do mix de produtos, a Teiú está desenvolvendo mais de 30 produtos para serem lançados no mercado.

De acordo com o gerente administrativo da Teiú, Joabe Andrade, a empresa tem duas áreas de suprimentos: uma voltada para compras administrativas, como material de expediente, e outra voltada para a área técnica, como matéria-prima e serviços para manutenção de maquinário.  “Comprar é um dos desafios mais estratégicos que a empresa tem. A nossa área de compras trabalha de forma integrada, acompanha as informações de estoque, comercial e é antenada às variações de mercado, pois o suprimento é essencial para a continuidade da nossa produção”, comentou.

Ele também ressaltou que a empresa está prospectando fornecedores de diversas áreas para a planta de Feira de Santana, instalada há pouco mais de um ano. Entre as oportunidades de fornecimento estão materiais e serviços de manutenção, especialmente nas áreas de manutenção civil, elétrica e mecânica, além de fardamento, treinamentos e destinação de resíduos.

Já a empresa Fofex destacou oportunidades de fornecimento de itens como peças de manutenção (parafusos, rolamentos, sensores), EPIs, produtos de limpeza, além de serviços de manutenção industrial, como calibragem e setup de equipamentos. Situada no município de Santo Amaro, a empresa, que fabrica papel higiênico, guardanapo, papel toalha e bobina de papel, atua na região Nordeste do país. “Às vezes precisamos contratar empresas de fora do estado porque temos dificuldade de encontrar fornecedores locais com preços competitivos”, comentou o analista de sistema da Fofex, Valdeci Francisco de Almeida.

Requisitos

Além de preço competitivo, outras dificuldades enfrentadas pela Fofex estão relacionadas à entrega e pós-venda. “Como estamos em uma região mais afastada, temos dificuldade na contratação de fornecedores locais que façam a entrega aqui. Por isso, a empresa tem um portador para buscar os insumos”, comenta Almeida.

Entre os requisitos de contratação elencados pelos representantes das duas empresas estão garantia da qualidade do produto / serviço, prazo de entrega, segurança contratual e cumprimento das exigências legais. Valdeci de Almeida e Joabe Andrade também ressaltaram a importância de as empresas fornecedoras investirem em relacionamento e pós-venda.

Clube IEL de Negócios

Depois do Café Empresarial, foi realizada uma Rodada de Negócios exclusiva para as empresas integrantes do Clube IEL de Negócios. Nesta etapa da Manhã de Negócio, as empresas interessadas em fornecer produtos e serviços para a Teiú e Fofex apresentaram seus portifólios, interagiram com as empresas compradoras convidadas, esclareceram dúvidas e também puderam entrar em contato com outros fornecedores.

“Na Rodada de Negócios, as empresas participantes têm a oportunidade de conhecer melhor os produtos e serviços de fornecedores e dão início a uma relação comercial. E isso não ocorre apenas com as compradoras, mas com todas as empresas que fazem parte do Clube IEL de Negócios”, explica a especialista em Inovação do IEL Bahia, Fabiana Carvalho.

A Manhã de Negócios foi o primeiro evento do Clube IEL de Negócios em 2021. O programa foi desenvolvido no ano passado com a proposta de aproximar empresas para trocarem experiências, portfólios de produtos e serviços e, ainda, para estimular a geração de negócios. “O nosso objetivo é ajudar os empresários, sobretudo de pequenas e micro empresas, a fazerem negócios e se aproximarem de grandes empresas compradoras. A expectativa para 2021 é que essa solução seja consolidada e que consigamos atender empresas de todo o estado, aproximando-as de compradores baianos”, pontua o superintendente do IEL Bahia, Evandro Mazo.