Notícias

Mercado Livre e OL Papéis falam sobre relação com fornecedores em Manhã de Negócios do IEL

10/12/2020 11:02

No Manhã de Negócios, realizada nesta quarta-feira (9), representantes da área de Suprimentos do Mercado Livre e da OL Papéis falaram sobre a relação destas empresas com fornecedores de materiais e serviços. O evento é mais uma ação realizada pelo Clube IEL de Negócios.

Mediada por Fabiana Carvalho, especialista de Inovação do IEL Bahia, a conversa virtual abordou as demandas das empresas em relação às suas necessidades de compra. "Por um lado, há os desafios diários de localizar parceiros que atendam às necessidades de compradores. De outro, há ofertantes que desconhecem estas necessidades ou não possuem qualificação mínima exigida. Nosso objetivo aqui é fazer esta conexão acontecer", explicou Fabiana.

Para Vivien Vasconcelos, ponto focal de Aquisições no Ecossistema do Mercado Livre, é cada vez mais necessário e desejoso desenvolver uma carteira de fornecedores locais. "Temos materiais e serviços vindos de São Paulo, mas isso ainda representa morosidade nas nossas operações. Estamos buscando ofertas locais, principalmente de serviços", afirmou.

Vivien ainda pontuou que a empresa exige dos seus fornecedores boa saúde financeira e referências do mercado. Outra questão colocada por ela foi a transparência. "Os prazos pactuados precisam ser cumpridos, para que haja sustentabilidade nesta relação", disse.

Ela citou diversos itens e serviços demandados pelo Mercado Livre na Bahia, entre os principais estão embalagens (caixas, envelopes, etiquetas, pallets, entre outros), materiais gráficos e de sinalização, treinamentos, serviços de manutenção, locação de equipamentos e organização de eventos.

Já o representante de Suprimento da OL Papéis, Vitor Lira, falou sobre a importância do preço na competitividade entre fornecedores. "Este é um elemento fundamental, mas os preços precisam ter uma composição transparente e exequível", frisou. Lira citou alguns dos itens que a OL gostaria de comprar de fornecedores baianos, entre os quais serviços de automação, EPI, materiais para ferramentaria e peças de usinagem.

Clube de Negócios IEL - Em 2020, mesmo com os desafios impostos pela pandemia, o IEL Bahia realizou diversos encontros com fornecedores locais e compradores, em atividades que envolveram cerca de 400 empresas. "Promovemos nove edições do Café Empresarial e três Rodadas de Negócios, ajudando a criar network e oportunidades para os participantes", conta Fabiana Carvalho.